Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Tempestade Nate em direção aos EUA após causar mortos e danos na América central

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/10/2017 Administrator

A tempestade tropical Nate deslocava-se hoje ao largo das costas mexicanas, em direção aos EUA, que deverá tocar no domingo, depois de ter causado pelo menos 28 mortos e elevados estragos pela sua passagem pela América central.

Pelas 04:30 (hora em Lisboa), o Nate estava a 110 quilómetros de Cabo Catoche, no estado mexicano de Quintana Roo, e a 155 quilómetros de Cuba, segundo o mais recente boletim do Serviço Meteorológico nacional do México (SMN).

A tempestade tropical deslocava-se à velocidade de 35 quilómetros por hora, com ventos de 120 quilómetros por hora e rajadas de até 150 quilómetros por hora. Em antecipação à sua passagem no Golfe do México, foi retirado o pessoal das plataformas petrolíferas e de gás.

O Nate deverá ganhar força antes de tocar solo norte-americano nas primeiras horas de domingo.

As autoridades de Nova Orleães, na Luisiana, no sudeste dos Estados Unidos, emitiram uma ordem de recolher obrigatório na sexta-feira à tarde, bem como medidas de retirada obrigatória e voluntária em algumas áreas baixas particularmente vulneráveis a inundações.

"A nossa maior ameaça não é necessariamente a chuva, mas o vento e ondulação", disse o 'mayor' de Nova Orleães, Mitch Landrieu.

"Nós antecipámos o seu impacto", disse o governador do Luisiana, John Bel Edwards, que declarou o estado de emergência.

O sudeste dos Estados Unidos foi atingido em agosto por dois furacões: o Harvey no Texas e Luisiana, que provocou 42 mortos e danos materiais consideráveis, e o Irma, que atingiu a categoria 5 na escala Saffir-Simpson e causou 12 mortos na Flórida.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon