Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Tenho propostas nacionais e estrangeiras"

Sportinveste 19/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
"Tenho propostas nacionais e estrangeiras" © Sportinveste Multimédia "Tenho propostas nacionais e estrangeiras"

O antigo jogador e atual treinador de futebol Domingos Paciência disse esta segunda-feira que está a "analisar várias propostas nacionais e estrangeiras" para a nova época, sem no entanto adiantar de que clubes.

"Existem propostas e espero que nos próximos tempos possa decidir. Têm aparecido nacionais e estrangeiros", disse Domingos Paciência, ex-treinador do Sporting de Braga e do Sporting, entre outros.

O treinador disse estar a "pensar seriamente" em "todas as possibilidades" e que quanto ao que "pesa lá fora" é o que "essa equipa possa atingir". Mas Domingos Paciência não escondeu que também gostava de treinar em Portugal.

"Mas também penso nas propostas de cá na expectativa de apostar novamente no campeonato português", disse Domingos Paciência.

O também ex-jogador do FC Porto falava à margem do congresso "A liderança no Desporto - o papel da inovação no Alto Rendimento" que decorre no auditório da Faculdade de Desporto da Universidade do Porto (FDEUP), disse ter como "grande objetivo começar a trabalhar de início": "Entrar a meio não tem dado resultados. Era importante começar com um grupo de início e levá-lo até ao fim", referiu.

Depois de passagens, como adjunto, por equipas técnicas dos "dragões", Domingos Paciência foi treinador do União de Leiria, Académica, Sporting de Braga, Sporting, Deportivo da Corunha (Espanha) e Kayserispor (Turquia).

Convidado a fazer a análise do jogo de domingo da final da Taça de Portugal, em que o Benfica venceu ao Rio Ave com único um golo de Gaitán, aos 20 minutos, Domingos Paciência considerou o resultado "justo".

"Não há dúvida de que o Benfica merece aquilo que ganhou. Ontem, acabou por ser um coroar do que o Benfica fez esta época. O Rio Ave não foi uma equipa consistente durante todo o jogo. Numa final quando assim é fica difícil. É evidente que quem não é do Benfica procura torcer por aqueles que poderiam ter uma percentagem menor de êxito, mas considero que foi justo", analisou.

Fonte: O Jogo

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon