Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Timor-Leste/Eleições: Ato eleitoral mostra que país é "exemplo" para o mundo -- Ana Gomes

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/07/2017 Administrator

A eurodeputada Ana Gomes disse hoje que o progresso registado em Timor-Leste nos últimos anos, refletido na forma "pacífica, ordeira e bem organizada" como decorreram as eleições legislativas, é "exemplo" para o mundo.

"É uma diferença extraordinária o percurso do povo timorenses nestes 18 anos. É altura das embaixadas e dos jornalistas mostrarem aquilo que é a evolução do povo timorense", disse Ana Gomes, que liderou a delegação do Parlamento Europeu que esteve em Timor-Leste a observar as legislativas de sábado.

"Estas eleições são bem demonstrativas da forma extraordinariamente bem organizada, pacífica e ordeira como decorreu o voto e do grande empenho da população no processo eleitoral", considerou.

Ana Gomes disse que a evolução do país "é um exemplo para o mundo" e que chegou a altura de "se deixar de alarmismos" quando se olha para Timor-Leste, e ver a tranquilidade com que o voto decorreu.

Ana Gomes, que saudou a forma "excecional" como decorreram as eleições legislativas, disse ter ouvido de líderes partidários e da sociedade civil timorense referências à "importância da existência de efetiva oposição no parlamento nacional".

"A qualidade da democracia em Timor-Leste depende do desempenho da oposição tanto quanto do funcionamento do Governo", disse.

Ana Gomes, que liderou a missão do Parlamento Europeu às legislativas - foi o quarto processo eleitoral que acompanhou em Timor-Leste - destacou os progressos "notáveis" que se alcançaram na realização de eleições nos últimos 10 anos.

"Chegou-se a um nível muito satisfatório na gestão do processo eleitoral, com um acompanhamento louvável da população, e com confiança dos cidadãos na democracia e no Estado de Direito", afirmou.

"Um feito notável para um país que alcançou a sua independência tão recentemente. É tranquilizador que num país com uma população tão jovem registamos nível elevado de participação. [Quero] louvar os esforços sérios da CNE (omissão Nacional de Eleições) e do STAE (Secretariado Técnico da Administração Eleitoral) ao terem em conta e implementarem com êxito as recomendações para melhorar o processo eleitoral", afirmou.

A eurodeputada disse que o debate público e político em Timor-Leste está hoje centrado no "desenvolvimento sustentável" do país, havendo alguma preocupação em relação ao longo prazo.

"Timor-Leste tem recursos significativos, nos quais pode basear estratégias de desenvolvimento sustentável", disse, considerando haver potenciais para diversificar a economia, num cenário em que o investimento em infraestruturas básicas e o reforço das ligações dentro do país serviriam tal estratégia.

"Mas o recurso mais importante de Timor-Leste são sem dúvida as pessoas. Timor-Leste possui afortunadamente uma população jovem em crescimento mas tal coloca desafios específicos uma vez que os jovens tem necessidades e aspirações particulares, com aspetos como formação capacitação e oportunidades de emprego", disse.

Noutro âmbito, Ana Gomes considerou que o tema da igualdade de género "não figura como prioridade suficientemente elevada na agenda política e social".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon