Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Timor-Leste tem que corrigir erros nos investimentos -- Novo primeiro-ministro

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/09/2017 Administrator

O novo primeiro-ministro timorense disse hoje que Timor-Leste tem que corrigir erros nos investimentos no desenvolvimento económico e social do país, combater as assimetrias regionais e fortalecer os recursos humanos.

"O nosso povo continua a ser vítima de um modo de vida de uma economia de subsistência e de importação, provocando uma assimetria entre as zonas urbanas e as zonas rurais, simplesmente inaceitável", disse Mari Alkatiri, depois de tomar posse como primeiro-ministro do VII Governo constitucional.

"Enquanto no campo se vive de facto mergulhado no marasmo da força de uma economia de subsistência e uma débil monetarização da mesma, nas zonas urbanas, em particular em Díli, vivemos uma situação típica de uma cidade invadida pelo êxodo rural que impôs uma situação de ruralização da vida urbana, por um lado, e uma opção pelo despesismo de uma pequena franja da população com condições de poupar e investir as suas poupanças para melhor contribuir para o desenvolvimento nacional", afirmou.

Alkatiri considerou que os resultados da política de investimento do Estado nos últimos anos "não tem sido os melhores" deixando "infraestruturas que necessitam de uma abordagem técnica diferente para as adequar às condições dos solos (...) e clima" timorenses.

Nas cruciais áreas de educação, saúde, agricultura e outros setores, Alkatiri definiu "politicas claras de execução dos programas" para que os recursos disponíveis possam garantir "melhores serviços aos cidadãos".

O novo primeiro-ministro, que remeteu anúncios mais programáticos para a apresentação do programa do Governo no Parlamento Nacional, disse que o seu Governo quer aproximar os cidadãos das leis e da ação do Estado.

Por isso, Alkatiri disse que vai apostar na disponibilização de "acesso universal a informações e prosseguirá no desenvolvimento do banco de dados sobre a legislação, bem como efetivamente publicitar as suas atividades legislativas e de desenvolvimento".

Um compromisso, disse, que quer dar "maiores níveis de conhecimento da lei e das políticas governativas aos cidadãos e grupos de interesse", pelo que "a transparência e maior acesso à informação serão os lemas a seguir" pelo executivo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon