Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Todo o país com risco 'muito elevado' de exposição aos raios UV

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/08/2017 Administrator

Quase todo o país apresenta hoje um risco 'muito elevado" de exposição à radiação ultravioleta (UV), com o nível mais alto a registar-se na Madeira, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em Portugal continental, apenas o distrito de Viana do Castelo tem um nível 'elevado' de risco, enquanto o resto do país apresenta níveis 'muito elevados'.

É na Madeira, no entanto, que o risco de exposição à radiação UV é maior, com a ilha principal a apresentar um nível 10, o segundo mais grave da escala.

Para as regiões com risco 'muito elevado', o IPMA recomenda o uso de óculos de sol com filtro UV, chapéu, 't-shirt', guarda-sol e protetor solar, além de desaconselhar a exposição das crianças ao sol.

Os índices UV variam entre 1 e 2, em que o UV é 'baixo', 3 a 5 ('moderado'), 6 a 7 ('elevado'), 8 a 10 ('muito elevado') e superior a 11 ('extremo').

Quanto ao estado do tempo, o IPMA prevê para hoje, no continente, céu pouco nublado ou limpo, mas muito nublado no litoral a norte do cabo Raso até final da manhã.

Está também prevista uma pequena descida da temperatura máxima em todo o continente.

Nos Açores, as ilhas do grupo Ocidental (ilhas Flores e Corvo) e Central (Graciosa, São Jorge, Pico, Faial e Terceira) contarão com períodos de céu muito nublado, mas com boas abertas à tarde, enquanto o grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria) apresentará aguaceiros fracos.

Para a Madeira, as previsões apontam para céu com muita nebulosidade vento fraco a moderado.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon