Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Tomás Martínez de mira afinada frente ao Olhanense

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/04/2017 Alcides Freire

Médio do Braga B marcou dois golos de livre direto esta quarta-feira, na 37ª ronda da II Liga.

O Braga B venceu esta quarta-feira o Olhanense por 3-1, em partida da 37ª jornada da II Liga disputada em Olhão, marcada pelo bis de livre direto do espanhol Tomás Martínez, na reviravolta dos bracarenses.

Salim Cissé, com um golo aos 29 minutos, colocou os algarvios, já despromovidos ao Campeonato de Portugal, em vantagem, mas os dois golos do médio ofensivo, aos 69 e 72, viraram o jogo, com Lucas a fechar o marcador aos 84, de grande penalidade.

Em jogo com duas expulsões, uma para cada lado, o Braga B somou o segundo triunfo consecutivo e subiu provisoriamente ao quinto lugar, com 55 pontos, enquanto o Olhanense é o 22º e último classificado, com 22.

Jogo no Estádio José Arcanjo, em Olhão.

Olhanense - Braga B, 1-3.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

1-0, Salim Cissé, 29 minutos.

© Miguel Pereira/Global Imagens

1-1, Tomás Martínez, 69.

1-2, Tomás Martínez, 72.

1-3, Lucas, 84 (grande penalidade).

Equipas:

- Olhanense: Rodolfo Barata, Coubronne, Gerevini, Pedro Eira (Jaadi, 81), Hélder Cabral, Virga, Edgar Abreu (Carlos Freitas, 63), Kiki, Aldair, Jorman Aguilar e Salim Cissé (Ademola, 75).

(Suplentes: Skowron, Gonzalez Prado, Tchanturia, Ademola, Pedro Albino, Carlos Freitas e Jaadi).

Treinador: Bruno Saraiva.

- Braga B: Tiago Pereira, D'Alberto, Inácio, Lucas, Thales, Didi, Jordão (Simão, 55), Joca, Tomás Martínez, Singh (Rúben Alves, 81) e Ogana (Piqueti, 60).

(Suplentes: Clemente, Edelino Ié, Simão, Piqueti, David Kong, Rúben Alves e Leandro).

Treinador: Abel Ferreira.

Árbitro: Bruno Vieira (AF Beja).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Didi (27), Hélder Cabral (68 e 71) e Piqueti (90+3). Cartão vermelho, por acumulação de amarelos para Hélder Cabral (71). Cartão vermelho direto para Rúben Alves (85).

Assistência: Cerca de 200 espetadores.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon