Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Três mínimos nos lançamentos para o Europeu de sub-23 de atletismo

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/02/2017 Ana Proença

Três lançadores portugueses conseguiram hoje em Leiria mínimos para os campeonatos da Europa do escalão de sub-23, que se vão disputar em Bydgoszcz, Polónia, de 13 a 16 de junho.

As marcas foram conseguidas nos nacionais de lançamentos longos, a decorrerem em Leiria, e nos quais já se tinha distinguido Francisco Belo (Benfica) com um novo recorde absoluto no disco, com 61,55 metros no seu sexto e último ensaio.

Juliana Pereira (Benfica) e Edujosé Lima (Sporting), no disco, com 51,04 e 54,48, respetivamente, e Miguel Carreira (Sporting), no martelo, com 65,66, são os atletas que conseguem em Leiria o 'passaporte' para Bydgoszcz.

© Facebook/Edujosé Lima

Miguel Carreira seria mesmo o segundo no martelo, atrás do campeão António Vital e Silva (Benfica), campeão com apenas mais três centímetros. Carreira sobe a sexto melhor luso de sempre.

A veterana Vânia Silva (Sporting) foi mais uma vez campeã no martelo feminino, com 60,59 metros, deixando a concorrência a quase cinco metros.

No disco feminino, Juliana Pereira bateu o seu recorde pessoal e derrotou Liliana Cá (Novas Luzes) que fez 50,58.

Os vencedores absolutos das provas de dardo foram Luís Almeida (Sporting), com 62,80, e Sílvia Cruz (Sporting), com 49,09 metros.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon