Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Trabalhador da mina de Aljustrel ferido com gravidade a 200 metros de profundidade

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/10/2017 Administrator

Um homem ficou hoje gravemente ferido na mina de Aljustrel (Beja), numa colisão entre dois veículos, uma escavadora e um ligeiro de mercadorias, ocorrida a 200 metros de profundidade, revelaram os bombeiros e a GNR.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja explicou à agência Lusa que o alerta para o acidente de trabalho foi dado aos bombeiros às 07:43.

Trata-se de "uma colisão entre um ligeiro e um pesado, a 200 metros de profundidade", no complexo mineiro, com "um ferido politraumatizado", disse o CDOS.

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) foi mobilizado e já se encontra no local, mas, por volta das 10:10, o trabalhador ainda não tinha sido transportado, referiu a mesma fonte.

Contactado pela Lusa, o Comando Territorial de Beja da GNR confirmou que a vítima "é um ferido com alguma gravidade", que "teve de ser desencarcerado".

"O acidente envolveu um ligeiro de mercadorias e uma escavadora pesada", referiu a Guarda.

A Lusa contactou a Almina, concessionária da mina de Aljustrel, mas, até ao momento, não foi possível obter qualquer esclarecimento.

Segundo a GNR, por se tratar de um acidente de trabalho, a Autoridade para as Condições de Trabalho (ACT) foi alertada e mobilizada para o local.

Para o socorro foram mobilizados, além do helicóptero do INEM, 21 operacionais dos bombeiros e da GNR, apoiados por seis veículos, incluindo a viatura médica de emergência e reanimação do Hospital de Beja.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon