Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Treinador do Botev Plovdiv reconhece dificuldades frente ao Marítimo

Logótipo de LusaLusa 02/08/2017 Diogo Gaudêncio

Funchal, Madeira, 02 ago (Lusa) - O treinador do Botev Plovdiv, Nikolai Kirov, reconheceu hoje que vai ser complicado vencer o Marítimo na quinta-feira, na segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa de futebol.

Mesmo sabendo que está mais a par da equipa madeirense, graças à partida da primeira mão, que terminou empatada sem golos, Kirov elogiou o valor dos ‘verde-rubros’.

"Eu espero encontrar uma maneira de derrotar o Marítimo porque é uma equipa forte, com bons jogadores. Nós conhecemos melhor o estilo de jogo deles, depois do primeiro jogo na Bulgária. Eles têm uma boa equipa e vai ser difícil vencer", afirmou na conferência de imprensa de antevisão, realizada no Funchal.

A finalização é vista como o ponto essencial para a resolução da eliminatória e o técnico búlgaro garantiu que as possibilidades de tempo extra e até de grandes penalidades estão a ser preparadas.

"Pretendo concretizar as oportunidades na baliza deles. Tudo é possível e as grandes penalidades estão nos nossos planos", salientou.

GREGÓRIO CUNHA/LUSA © LUSA / GREGÓRIO CUNHA GREGÓRIO CUNHA/LUSA

Todor Nedelev é ausência garantida, por lesão, e o avançado brasileiro Fernando Viana está em dúvida, tendo sido confirmado também que esta será a última partida de Omar Kossoko, que se vai transferir para outro clube, sem revelar o destino.

A derrota na última jornada no campeonato búlgaro, diante do CSKA Sofia, já foi esquecida, assegurou Nikolai Kirov, que respondeu que o "jogo mais importante é o próximo".

A partida entre Marítimo e Botev Plovdiv está marcada para quinta-feira, nos Barreiros, a partir das 19:00, e será arbitrada pelo sérvio Srdjan Jovanovic.

DIYA // PA

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon