Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Treinador do Nacional destaca importância de pontuar no Dragão

Logótipo de LusaLusa 03/03/2017 Diogo Gaudêncio

Funchal, Madeira, 03 mar (Lusa) - O treinador do Nacional, Predrag Jokanovic, salientou hoje que os insulares precisam de pontuar no jogo de sábado, frente ao FC Porto, no Dragão, para a 24.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol.

"Vamos procurar trazer três pontos ou, pelo menos, um e temos também de tentar fazer um bom jogo, dignificar a camisola e mostrar que não estamos ‘mortos’ e que vamos lutar até final", afirmou na conferência de imprensa de antevisão ao encontro entre equipas em pontos inversos na classificação.

GREGÓRIO CUNHA/LUSA © LUSA / GREGÓRIO CUNHA GREGÓRIO CUNHA/LUSA

Jokanovic admitiu que preferia defrontar outro adversário neste momento, até porque o FC Porto está "na melhor fase da época" e que tem demonstrado ser um "verdadeiro candidato ao título".

Apesar do favoritismo dos ‘azuis e brancos’, o técnico sérvio mantém-se confiante no seu grupo de trabalho para sair da zona de despromoção, algo que não é hábito dos ‘alvinegros’.

"Nos últimos 15 anos, o Nacional nunca esteve nesta situação mas temos de levantar a cabeça e trabalhar. Temos bons jogadores, temos melhorado ultimamente e ainda há 11 jogos para fazer o tudo por tudo para levar a equipa a bom porto até ao final da época", salientou.

A pressão é cada vez maior na Choupana, pois Jokanovic ainda não venceu desde que substituiu Manuel Machado no comando técnico dos madeirenses, algo que encarou com normalidade.

"Nós somos profissionais, temos que saber lidar com isto. Os sócios têm todo o direito [de criticar]. A única coisa que peço é que nos apoiem nos 90 minutos, porque precisamos deles para sairmos desta situação", comentou.

À imagem do que havia dito na antevisão do jogo com o Benfica na Luz, Jokanovic recusou a ideia de levar um ‘autocarro’ para o Dragão, porque garante ser obrigatório marcar para conseguir pontuar e quer também deixar uma boa imagem da equipa.

O Nacional, 17.º e penúltimo classificado, com 16 pontos, visita o FC Porto, segundo, com 56, no sábado, pelas 18:15, com arbitragem de Bruno Paixão, da Associação de Futebol de Setúbal.

DIYA // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon