Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Trump considera "imperfeitas" sanções contra a Rússia que acaba de promulgar

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/08/2017 Administrator

O Presidente norte-americano, Donald Trump, considerou hoje "muito imperfeitas" as sanções contra Moscovo aprovadas pelo Congresso e que acabou de promulgar, por estas poderem "aproximar a China, a Rússia e a Coreia do Norte".

"Ao limitar a margem de manobra do Governo, esta lei reduz a capacidade dos Estados Unidos para concluir bons acordos para o povo americano", afirmou em comunicado o Presidente dos Estados Unidos, criticando o Congresso.

"Contudo, apesar desses problemas, promulgo esta lei em nome da unidade nacional. Ela representa a vontade do povo americano de ver a Rússia tomar medidas para melhorar as relações com os Estados Unidos", acrescentou Trump, sobre o diploma que impõe duras sanções para "punir e impedir comportamentos negativos dos regimes de Teerão e Pyongyang" e aprofunda as sanções já impostas a Moscovo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon