Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Tudo o que se sabe sobre a sucessão de Nuno no FC Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/05/2017 Alcides Freire
. © Ivan Del Val/Global Imagens .

Para convencer Marco Silva, os responsáveis do FC Porto podem apresentar como argumento-chave um investimento numa equipa forte e que tenha condições de voltar a dominar o futebol nacional.

A SAD do FC Porto não se quer precipitar e tem estado a estudar a melhor alternativa para substituir Nuno Espírito Santo. A decisão ainda não está tomada e nem há uma data definida para que tal aconteça.

Depois de no primeiro dia terem sido avançados vários nomes, concretamente Marco Silva, Sérgio Conceição, Jorge Jesus, Paulo Sousa, Pedro Martins e Luís Castro, a lista está agora mais restrita.

Segundo O JOGO apurou, o nome do antigo treinador do Hull City é consensual. Marco Silva volta ao radar dos dragões depois do excelente trabalho que desenvolveu nos clubes por onde passou, mas também a empatia que pode criar junto dos adeptos. O problema é que o técnico português saiu muito valorizado pelo trabalho que fez no clube inglês e tem clubes da Premier League interessados nos seus serviços. Ainda esta quarta-feira, o jornal The Guardian aponta o Crystal Palace como um dos principais pretendentes.

Para convencer Marco Silva, os responsáveis do FC Porto podem apresentar como argumento-chave um investimento numa equipa forte e que tenha condições de voltar a dominar o futebol nacional.

A decisão quanto ao novo treinador ainda não está tomada e ontem o FC Porto até desmentiu que haja um acordo com o antigo treinador do Hull City. "O "Correio da Manhã" escreveu que existiu uma reunião entre Pinto da Costa, Adelino Caldeira, Fernando Gomes, Rui Sá e José Amorim e que Marco Silva é o escolhido. Não sei se vai ser o Marco Silva ou outro qualquer, mas sei que essa reunião não existiu. É mentira", garantiu Francisco J. Marques, diretor de comunicação e informação do FC Porto.

Certo é que ainda não há nenhuma decisão e a lista inclui ainda o nome de Jorge Jesus, um treinador há muito apreciado por Pinto da Costa.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon