Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Turquia pede levantamento de suspensão de vistos norte-americanos

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/10/2017 Administrator

As autoridades turcas exortaram hoje os Estados Unidos a voltarem atrás na sua decisão da véspera de suspender a emissão de vistos nas suas representações diplomáticas na Turquia, informou a agência noticiosa pró-governamental Anadolu.

O pedido foi transmitido ao "número 2" da embaixada norte-americana em Ancara, Philip Kosnett, convocado hoje ao Ministério dos Negócios Estrangeiros turco, indicou a agência.

Os Estados Unidos suspenderam no domingo a maioria dos seus serviços de emissão de vistos nas missões na Turquia, argumentando terem sido forçados a reavaliar "o compromisso" de Ancara em relação à segurança dos serviços e do pessoal norte-americano.

A decisão foi tomada após a colocação em prisão preventiva, na quarta-feira, de um funcionário turco do consulado norte-americano em Istambul, acusado pela justiça turca de estar ligado ao clérigo Fethullan Gulen.

Exilado nos Estados Unidos desde o final dos anos 1990, Gulen, um antigo aliado do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, é designado por Ancara como o cérebro da tentativa de golpe de Estado de 15 de julho de 2016. Gulen nega qualquer envolvimento.

Quase imediatamente após o anúncio da decisão dos Estados Unidos, as autoridades turcas anunciaram que iam parar de emitir vistos a cidadãos norte-americanos, excluindo vistos de imigração.

A "guerra dos vistos" ocorre após meses de tensão crescente entre Ancara e Washington, ligada a desacordos sobre a Síria e ao pedido de extradição de Gulen pela Turquia, que continua sem resposta.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon