Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

UEFA abre quatro vagas diretas na 'Champions' para os quatro primeiros do 'ranking'

Logótipo de LusaLusa 26/08/2016 Nuno Ferrão
SALVATORE DI NOLFI/KEYSTONE FILE © EPA / SALVATORE DI NOLFI SALVATORE DI NOLFI/KEYSTONE FILE

Monte Carlo, Mónaco, 26 ago (Lusa) – Os quatro primeiros países do ‘ranking’ da UEFA, neste momento Espanha, Inglaterra, Alemanha e Itália, vão garantir, no período 2018/2021, quatro clubes com entrada direta na fase de grupo da Liga dos Campeões de futebol, anunciou hoje o organismo.

Nos moldes atuais, Espanha, Inglaterra e Alemanha colocam os três primeiros do campeonato diretamente na fase de grupos, enquanto o quarto classificado disputa o ‘play-off’.

A Itália só tem direito a duas vagas diretas, enquanto o terceiro classificado tem de passar pelo ‘play-off’, tal como sucede com Portugal, que contará na ‘Champions’ desta época com o tricampeão Benfica, Sporting, vice-campeão, e FC Porto, que superou a Roma no ‘play-off’.

Para os países abaixo dos quatro primeiros do ‘ranking’, como Portugal, mantém-se para 2018/2021 a fórmula atual. No entanto, os mesmos passam a ter a vantagem de o terceiro classificado não se cruzar com nenhum clube do ‘quarteto’ do topo do ‘ranking’ no ‘play-off’.

A UEFA acrescentou ainda que os prémios monetários “vão aumentar significativamente” para a Liga dos Campeões e Liga Europa”, prevendo também remodelar os coeficientes de cálculo das pontuações para o ‘ranking’.

O organismo chama a estas mudanças “uma evolução, não uma revolução”, mantendo a fase de grupos com 32 clubes.

NF // JPS

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon