Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

UEFA contrata Nadine Kessler para conselheira de futebol feminino

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/03/2017 Mónica Santos

Quase um ano depois de terminar a carreira de futebolista, a alemã assume a tarefa de orientar o desenvolvimento do futebol feminino.

A antiga futebolista alemã Nadine Kessler, que tinha terminado a carreira em abril de 2016 pelas constantes lesões no joelho, foi contratada pela UEFA para ser a nova conselheira de futebol feminino, anunciou hoje esta entidade.

© Fornecido por O jogo

Kessler, melhor futebolista do ano 2014, vai ter como principais funções ajudar a orientar o desenvolvimento do futebol feminino, nomeadamente no aumento de competições femininas neste desporto.

"O futebol feminino está a desenvolver-se a um ritmo acelerado e estão a surgir oportunidades que nem se imaginavam quando comecei a minha carreira", referiu Kessler, citada no comunicado oficial da UEFA.

A antiga médio garante que vai fazer tudo o que estiver ao seu alcance para conseguir levar o futebol feminino a um novo patamar. "Quero ajudar a desenvolver o futebol das mulheres em todos os cantos da Europa", disse Kessler.

Nadine Kessler conquistou um Europeu, em 2013, duas Ligas dos Campeões, em 2012/13 e 2013/14, numa final disputada no Estádio do Restelo, em Lisboa, e a Algarve Cup em 2014, além de quatro ligas alemãs, duas das quais ao serviço do Turbine Potsdam.

O presidente do organismo que tutela o futebol europeu, o esloveno Aleksander Ceferin, tem tido um papel preponderante no crescimento do futebol feminino, tendo introduzido um departamento específico na UEFA.

"Sinto que existe um potencial enorme para desenvolver e melhorar este lado do desporto, pelo que estou a tentar que a Liga dos Campeões feminina receba cada vez mais atenção por parte dos adeptos", rematou Ceferin.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon