Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Um dos maiores icebergues já vistos está em formação após se soltar da Antártida

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/07/2017 Administrator

Um icebergue de um bilião de toneladas, um dos maiores já vistos, está a formar-se, depois de se soltar do continente antártico, disseram hoje investigadores da Universidade de Swansea (Reino Unido).

"A formação produziu-se entre segunda e quarta-feira", indicaram os especialistas, que monitorizam a evolução deste bloco de gelo gigantesco.

O bloco, com 600 quilómetros quadrados, separou-se da plataforma de gelo Larsen C, da Antártida Ocidental, a sul do continente americano.

Esta separação era esperada pelos cientistas, que há mais de dez anos seguiam uma grande fenda, cuja propagação se acelerou a partir de 2014.

A massa de gelo, com 200 metros de espessura, não deverá mover-se para longe nem muito depressa, mas deverá continuar a ser monitorizada.

Correntes e ventos podem eventualmente empurrar o icebergue para norte do Antártico, o que causaria dificuldades à navegação.

Segundo os cientistas, a separação não vai afetar o nível do mar, porque o gelo que se desprendeu já estava no oceano, embora alguns especialistas admitam que possa acelerar a desestabilização da Larsen C.

Segundo a Agência Espacial Europeia (AEE) e o cientista Noel Gourmelen, da Universidade de Edimburgo, o icebergue que se vai criar será um dos maiores da Antártida, com 1.155 quilómetros cúbicos de gelo, equivalente à água necessária para encher 462 milhões de piscinas olímpicas.

A AEE assinalou também que as plataformas vizinhas, Larsen A e Larsen B, experimentaram um processo similar com "fragmentações espetaculares" em 1995 e 2002, respetivamente.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon