Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Um golo que pode valer o título: 85 metros em 11 segundos

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/05/2017 Hugo Monteiro
© Fábio Poço/Global Imagens

Golo da vitória do Benfica em Vila do Conde foi alcançado com a rapidez própria de uma prova de velocidade de atletismo.

O 1-0 do Benfica em Vila do Conde foi alcançado com a rapidez própria de uma prova de velocidade de atletismo: desde que a bola saiu dos pés de Cervi até ultrapassar a linha de golo, decorreram 11 segundos, numa jogada sempre em aceleração e velocidade máxima dos diversos intérpretes.

À saída da área do Benfica, sobre a esquerda, Cervi mete 10 metros mais à frente, onde está Jonas. Rápido de raciocínio, o brasileiro parecia saber antecipadamente o que ia fazer, dando apenas dois toques: ajeitou de pé direito e, com o esquerdo, deixou a bola no espaço vazio, quase parada, a convidar Salvio a progredir até ao último terço. Isso mesmo fez o argentino, que deu três toques na progressão pela esquerda e cruzou para o lado oposto. Na área, Jiménez, com calma, recebeu de pé direito, deixando a bola à medida para o remate certeiro com o mesmo pé. No total, entre Cervi e o golo, 11 segundos, 85 metros e oito toques na bola por parte de três elementos.

O Benfica venceu o Rio Ave por 1-0 e aumentou para cinco os pontos de distância para o FC Porto, segundo colocado. A equipa de Rui Vitória pode, por isso, festejar a conquista do inédito tetra na próxima jornada frente ao Vitória de Guimarães, em caso de triunfo.

O melhor do MSN em qualquer dispositivo


AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon