Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Um treinador português e com futebol mais arriscado"

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/05/2017 Alcides Freire

Álvaro Magalhães, escritor e comentador de O JOGO, traça o perfil do que considera ser o treinador ideal para suceder a Nuno Espírito Santo no comando técnico do FC Porto

© OCTAVIO PASSOS

"É importante que o treinador seja português, numa fase em que é preciso ganhar cá dentro. A aposta na formação deverá ir até onde for possível, com uma boa mescla de juventude e experiência", começou por dizer.

Quanto ao estilo de jogo que deve ser praticado pelos azuis e brancos na próxima época, Álvaro Magalhães também não tem dúvidas: "Uma equipa a praticar um futebol ofensivo, mais arriscado", rematou.

Por fim, a comunicação: "Em relação ao discurso, já não suportava ouvir a mesma coisa desde o início da época, fugia a questões concretas e falava para não dizer nada e isso tem de ser diferente", concluiu.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon