Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Universidade de Vila Real aplica 2,5ME para melhorar eficiência energética

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/07/2017 Administrator

A Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) anunciou hoje que vai aplicar 2,5 milhões de euros na melhoria da eficiência energética dos edifícios do campus universitário, em Vila Real.

A academia transmontana disse, em comunicado, que recentemente viu aprovadas oito candidaturas no âmbito do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no uso de Recursos (POSEUR).

"Queremos ser um campus inteligente, pelo que o nosso objetivo é trabalhar cada vez mais para ser uma universidade eco sustentável, mais amiga do ambiente e aumentar a qualidade dos espaços oferecidos aos nossos estudantes, trabalhadores e visitantes" afirmou Fontainhas Fernandes, reitor da UTAD.

Este financiamento de 2,5 milhões de euros vai ser aplicado na melhoria da eficiência energética do parque edificado do campus universitário.

Entre as medidas previstas estão a intervenção nas coberturas, com substituição de fibrocimento, a produção de energia elétrica, recorrendo à energia solar fotovoltaica, a substituição de caldeiras a gás natural por caldeiras a biomassa, a climatização de edifícios e a substituição dos sistemas de iluminação convencionais por lâmpadas de tecnologia LED.

"Procurámos dar seguimento à política de sustentabilidade para o campus e património edificado, perscrutando o aumento da eficiência na gestão de recursos, garantindo ao mesmo tempo melhor qualidade de vida aos ocupantes dos edifícios", explicou, por sua vez, Amadeu Borges, pró-reitor da UTAD para o Ordenamento.

Depois de aprovadas estas oito candidaturas, a universidade espera agora o resultado de mais quatro, submetidas na segunda fase do mesmo aviso do POSEUR.

Segundo a UTAD, estão também previstas outras intervenções ao nível da instalação de sensores de movimento, associados aos sistemas de iluminação e a instalação de janelas eficientes.

Estas medidas visam contribuir para a poupança das despesas correntes, nomeadamente a diminuição dos gastos em energia.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon