Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Usain Bolt: "Fiz tudo o que queria fazer e agora é o fim"

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/06/2017 Ana Proença

Usain Bolt continua determinado a terminar a carreira no final da temporada, conforme disse esta segunda-feira durante a conferência de imprensa do Meeting de Ostrava, na República Checa

Para o atleta de trinta anos, o percurso no atletismo está a chegar ao fim: "Fiz tudo o que queria fazer e agora é o fim. Não tenho problemas com isso. Voltarei a Ostrava, mas só para ver, para estar no meio do público e ver a nova geração aparecer", afirmou.

Usain Bolt na conferência de imprensa do Meeting de Ostrava com a sua habitual boa disposição © REUTERS/David W Cerny Usain Bolt na conferência de imprensa do Meeting de Ostrava com a sua habitual boa disposição

"Foi uma grande carreira, aprecio os altos mas também os baixos, toda a experiência que adquiri, as alegrias e as tristezas", declarou o recordista mundial dos 100 e 200 metros e triplo campeão olímpico nas duas distâncias.

Usain Bolt disse também não ter ainda "nenhuma ideia" do que vai fazer após deixar o atletismo. "Fico ansioso com a ideia de me sentar e ver quem vai ser o próximo campeão olímpico. Muitas caras novas estão a aparecer, com um grande potencial, vai ser interessante ver isso. O meu treinador insiste comigo para que me torne treinador e no próximo ano posso estar ao lado dele para observar. Televisão? Não sei, mesmo que muita gente tenha projetos para mim", referiu.

Bolt fará em Ostrava a sua penúltima prova antes dos Mundiais de Londres (4 a 13 de agosto), correndo os 100 metros. Esta época só fez uma vez os 100 metros, em Kingston, no início do mês.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon