Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vítor Oliveira: "Podemos resumir o jogo nos últimos três ou quatro minutos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/08/2017 Hugo Monteiro
© José Coelho/LUSA

Treinador do Portimonense considera que a sua equipa perdeu "por culpa própria" e que, no futuro próximo, será importante vencer os jogos em casa para fazer um campeonato tranquilo.

Resumo do jogo: "Pode-se resumir o jogo aos últimos três ou quatro minutos. Perdemos por culpa própria. O Marítimo não fez um jogo com a qualidade suficiente que lhe permitisse levar os três pontos. Cometemos erros em demasia e faltou-nos determinação em lances de divisão de bola a meio-campo e, dois deles, acabaram por dar dois golos, em que tivemos a situação controlada e poderíamos fazer duas faltas que anulariam o contra-ataque".

Justiça do resultado: "O resultado justo seria o empate, porque para mim os resultados valem pelos golos que se marcam. A nossa primeira parte foi muito pobre, não criámos uma situação de finalização. Na segunda metade, começámos por cima, tivemos situações e reagimos bem ao golo que sofremos em contra-ataque. Estávamos motivados para chegar à vitória, só que não podemos cometer os erros que cometemos no segundo golo e acabámos por ser penalizados. Este resultado é péssimo, se podermos aprender com os erros e tirar algum benefício será positivo, se não, será complicado ganhar a estas equipas experientes, como o Marítimo".

Cuidados redobrados: "Tínhamos que tentar ganhar, era em nossa casa e contra um adversário que estava ao nosso alcance. O Marítimo estava satisfeito com o empate, mas é evidente que quando se joga de forma aberta como o fizemos na parte final, tem que haver cuidados redobrados e não o tivemos. Precisamos de melhorar algumas coisas e rapidamente".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon