Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

V. Guimarães B empata na Covilhã, mesmo reduzido a dez

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/03/2017 Hugo M. Monteiro

Formação minhota conseguiu contrariar a superioridade numérica da formação serrana.

Um golo do suplente Haman, quando o Vitória de Guimarães B jogava em inferioridade numérica, deu o empate aos minhotos (2-2), na visita ao Covilhã, na 31ª jornada da II Liga.

O Covilhã e o Vitória de Guimarães B, ambos com 41 pontos, protagonizaram uma primeira parte dividida, sem nenhuma das formações a conseguir superiorizar-se.

Com o jogo disputado sobretudo no meio-campo, escassearam as ocasiões de golo, que só aconteceram perto do intervalo, ambas de grande penalidade.

Antes, as jogadas mais ameaçadoras foram construídas pelos 'leões da serra'. Logo aos nove minutos. Erivelto, de livre, atirou por cima da trave e Harramiz, ao minuto 25, acertou na trave da baliza vimaranenses. Pouco depois, o santomense rematou perto do poste.

Quando estavam jogados 39 minutos, os vimaranenses inauguraram o marcador, por Denis Duarte, de grande penalidade, a castigar uma falta de Zé Pedro sobre Vigário.

Volvidos cinco minutos, Vigário esteve também na origem do penálti que permitiu aos serranos igualarem o marcador. O juiz da partida considerou que o lateral empurrou Medarious e assinalou o castigo máximo, convertido por Erivelto.

No reatamento os vitorianos surgiram mais acutilantes, mas foram os serranos a criarem primeiro uma situação flagrante, quando Chaby obrigou a defesa difícil de Miguel Oliveira. Tyler Boyd respondeu, mas Igor Rodrigues agarrou, seguro.

Ao minuto 71, Chaby, em zona frontal, voltou a tentar surpreender o guardião forasteiro e, dois minutos depois, o médio, na marcação de um livre na direita, junto à linha, de ângulo difícil, operou a reviravolta.

Os minhotos ficaram em situação mais difícil com a expulsão de Domingo, por uma entrada sobre Diarra, mas, mesmo em desvantagem numérica, acabaram por empatar o encontro, num pontapé acrobático do camaronês Haman, assistido por Tyler Boyd.

© Filipe Pinto/Global Imagens

Jogo no Estádio Santos Pinto, na Covilhã.

Covilhã - Vitória de Guimarães B, 2-2.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

0-1, Denis Duarte, 39 minutos (grande penalidade).

1-1, Erivelto, 44 (grande penalidade).

2-1, Chaby, 73.

2-2, Haman, 83.

Equipas:

- Covilhã: Igor Rodrigues, Gilberto, Zé Pedro, Joel, Soares, Sambinha, Diarra, Chaby, Medarious, Harramiz (Ponde, 69) e Erivelto (Djikine, 78).

Suplentes: Hugo Marques, Diogo Gaspar, Djikine, Ponde, Prince e Zarabi.

Treinador: Filipe Gouveia.

- Vitória de Guimarães B: Miguel Oliveira, Sacko, Denis Duarte, Valente, Vigário, Kiko (Castro, 82), Phete, Hélder (João Correia, 77), Tyler Boyd, Mendes (Haman, 66) e Domingo.

Suplentes: André, Haman, Carvalho, Castro, Correia, Mimito e Rui Gomes.

Treinador: Vítor Campelos.

Árbitro: Bruno Vieira (AF Beja).

Ação disciplinar: Cartão amarelo a Bouyd (58), Sambinha (74), Soares (87). Cartão vermelho direto a Haashim Domingo (76).

Assistência: Cerca de 300 espetadores.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon