Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vaga de calor atinge grande parte da China

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/07/2017 Administrator

Uma onda de calor atinge esta semana grande parte da China, com algumas cidades a registarem temperaturas superiores a 40 graus, levando as autoridades a recomendar que se reduza o tempo passado ao ar livre.

Segundo os serviços meteorológicos da China, a vaga de calor atinge hoje 21 províncias, num total de 3,64 milhões de quilómetros quadrados.

Em Pequim, sede de um município com cerca de 21,5 milhões de habitantes e quase seis milhões de automóveis, os serviços meteorológicos preveem uma temperatura máxima de 39 graus Celsius para hoje.

Em algumas áreas das províncias de Hebei, Shanxi e Shaanxi e da região do Xinjiang, no norte do país, as temperaturas atingiram esta semana 42 graus.

A temperatura mais alta, de 47,8 graus, foi registada na cidade de Turpan, no Xinjiang.

Em Xangai, a "capital" económica da China, as temperaturas máximas superam os 35 graus.

As autoridades recomendam que se reduza o tempo passado ao ar livre, sobretudo entre as 10 e as 16 horas, e que se consuma pelo menos dois litros de água por dia.

Segundo o Centro Nacional de Meteorologia, a onda de calor no sul resulta de uma faixa de alta pressão atmosférica, caracterizada por ventos calmos e quentes, provenientes de regiões tropicais, enquanto que no norte se deve principalmente a outra alta pressão quente formada no continente.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon