Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vale tudo para ver o clássico: "Internet será a melhor amiga"

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/03/2017 Hugo Monteiro

Maioritariamente pela internet, jogador e técnicos portugueses no estrangeiro prometem não perder pitada do duelo da Luz.

Onde há um português, há uma janela aberta para o clássico de amanhã (20h30). É esta a evidência que resulta do contacto com a diáspora que, semana após semana, leva mais alto o nome do nosso país pelos quatro cantos do mundo. Os métodos utilizados para acompanhar as peripécias do duelo da Luz variam da transmissão em direto, para os mais sortudos, até ao recurso a aplicativos de internet ou, por motivos profissionais, aos resumos, que vão permitir a Mário Rui e Fábio Ferreira, por exemplo, saborear o embate entre Benfica e FC Porto após os respetivos jogos por Roma (Itália) e Central Coast (Austrália).

O carácter potencialmente decisivo do encontro para as contas do título também leva a excessos em partes mais longínquas do mundo, com compatriotas como André Lima (China), Luís Viegas (Tailândia) e José Peseiro (Emirados Árabes) a serem obrigados a uma noitada para não perder pitada do confronto entre águias e dragões. Por sua parte, Hugo Vieira (Japão) vai recorrer ao despertador - que irá tocar perto das 5h30 - para fintar o fuso horário e ficar de olhos pregados ao computador.

Contudo, e de acordo com os relatos recolhidos, o interesse em relação ao clássico resume-se, na grande maioria dos casos, às comunidades portuguesas. Por entre encontros em cafés, bares, jantaradas ou churrascadas dos emigrantes lusos, existe alguma indiferença por parte dos nativos em relação ao futebol português, que é ofuscado pelas ligas locais, pela Premier League e pela liga espanhola, bem como por outras modalidades que sobressaem em relação ao futebol. Em Espanha, a contratação de Casillas pelo FC Porto suscitou um volume inusitado de interesse pelo futebol português, com direito a transmissões em direto dos jogos dos dragões, enquanto em Nicósia, cidade da "zona grega" de Chipre, a presença de Mitroglou nas águias espevita a curiosidade dos adeptos. O Catar também surge como um oásis graças a uma extensa e rara cobertura televisiva dos três grandes.

Nisto, os países lusófonos são exceção. Carlos Vaz Pinto, treinador dos angolanos do Libolo, diz ser um privilegiado por ter acesso à transmissão televisiva do jogo num país onde a grande maioria da população vai seguir o jogo pelas ondas da rádio. Já Sérgio Vieira, técnico do São Bernardo, fala de um interesse generalizado da Imprensa pelos brasileiros que estarão em campo e garante que vai usar um deles para motivar o seu plantel: "Aqui, o Soares era um desconhecido, mas nunca deixou de acreditar no seu talento e chegou ao FC Porto. É o exemplo perfeito para a minha equipa."

Amanda Costa, Estados Unidos

"Só me vai faltar a churrascada"

"Estou a par da liga e ansiosa para ver o jogo. Infelizmente estou em Boston e não em Nova Iorque, onde vivem os meus pais. Assim falta-me a churrascada, que é habitual entre a comunidade lusa nestes grandes jogos."

Guilherme Farinha, Costa Rica

"Horário ideal para boas audiências"

"O clássico será transmitido à hora de almoço. É o horário ideal para boas audiências. Vou acompanhar o jogo pela televisão, tal como milhares de costa-riquenhos. Eles têm interesse na liga onde jogam Bryan e Campbell."

Sérgio Vieira, Brasil

"Brasileiros estão muito curiosos"

"Eu estarei em casa com o Rafael Costa, jogador do São Bernardo que passou pela formação do Benfica. O duelo será transmitido em direto e os brasileiros estão muito curiosos de ver os seus compatriotas em ação."

Vaz Pinto, Angola

"Serei o mais calmo em 90' de loucura"

"Vou assistir ao jogo na BTV na companhia dos meus adjuntos. Aqui em Angola, clássicos e dérbis são seguidos de forma muito emocional. Eu serei o mais calmo em 90" de loucura."

José Peseiro, Emirados

"Carácter decisivo faz-me aguentar"

"Tenho uma aplicação no computador que me permite ver todos os canais que tenho em Lisboa. O jogo começa às 23h30 dos Emirados, mas o carácter decisivo faz-me aguentar."

Rui Capela, Catar

"Extensa cobertura dos três grandes"

"O clássico será transmitido em direto na televisão. Os canais do Catar até costumam fazer uma cobertura extensa dos três grandes e a população conhece bem a dimensão dos clubes."

Fábio Ferreira, Austrália

"Proibidos de me dizer o resultado"

"Infelizmente estou em estágio e o jogo será às 6h30 da Austrália. Já disse aos colegas que estão proibidos de me dizer o resultado, mas eles também só se interessam por râguebi."

© Miguel Pereira/Global Imagens

João Moreira, Nova Zelândia

"Quero que sintam a atmosfera única"

"Vou juntar alguns colegas de equipa e assistir ao jogo no computador. Eles não conhecem o nosso futebol, mas quero que sintam a atmosfera única da Luz e que fiquem impressionados com a qualidade dos jogadores."

André Lima, China

"Vale a pena fazer uma noitada"

"Aqui será madrugada e é difícil ficar acordado. Mas como se trata de um grande jogo vale a pena fazer uma noitada. Este clássico será transmitido na televisão, mas não gera interesse junto dos chineses."

Bebé, Espanha

"Casillas motiva interesse especial"

"Tenho jogo pela manhã e poderei assistir ao clássico na internet com toda a calma. O Casillas motiva interesse especial dos espanhóis neste jogo e não me admiraria se alguns colegas se juntassem a mim."

Hildeberto, Inglaterra

"O que eu queria era estar na Luz..."

"Tenho a BTV em casa e vou ver o jogo na companhia da minha família e de alguns amigos. Aqui em Inglaterra toda a gente faz o mesmo, mas para ver a Premier League. O que eu queria era estar na Luz..."

Bruno Pinheiro, Israel

"Internet será a melhor amiga"

"Em Israel vão transmitir o jogo em direto, mas sei que terá pouca audiência. Estou aqui há dois anos e ninguém se interessa por Portugal. Eu prefiro ver a transmissão em português e a internet será a melhor amiga."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon