Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Van Gaal: "Mourinho? Obriguei-os a pagar-me até ao último cêntimo"

Logótipo de O Jogo O Jogo 09/09/2017 Hugo M. Monteiro

Holandês abriu o jogo e desvendou o que sentiu quando foi dispensado do Manchester United para dar lugar a José Mourinho.

Louis van Gaal foi famosamente dispensado do Manchester United depois de conquistar a Taça de Inglaterra, sendo substituído por José Mourinho no comando técnico dos "red devils".

© REUTERS/Toussaint Kluiters

Dois anos depois, o treinador holandês refletiu sobre o que sentiu quando soube da decisão dos dirigentes do Manchester United, uma decisão que acredita ter sido "orquestrada nas minhas costas desde janeiro".

"De repente, antigos jogadores do Manchester United começaram a falar com a imprensa a dizer que jogávamos futebol aborrecido e quando o Mourinho foi despedido, os insultos subiram de tom", refletiu Van Gaal, em declarações ao jornal Daily Mirror.

"Entendo a decisão de escolher Mourinho. Quando tinha cumprido apenas ano e meio do meu contrato, o Chelsea despediu-o e sabia que o United o queria. Só me disseram que tinha sido despedido depois de ter saído na imprensa e foi a maior desilusão da minha vida. O United não discutiu nada comigo, bastava terem-me dito que queriam que saísse no final da época para dar lugar a Mourinho. Se tivessem feito isso, teria dado tudo nos últimos seis meses do meu contrato e depois Mourinho tomava conta da equipa. Teria abdicado de um ano do meu salário mas depois do que aconteceu, obriguei-os a pagar-me até ao último cêntimo", recordou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon