Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vasco Ribeiro na repescagem a abrir o Meo Rip Curl Pro Portugal

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/10/2017 Francisco Sebe

A etapa portuguesa do World Tour já arrancou na Praia de Supertubos, em Peniche

O surfista português Vasco Ribeiro caiu este sábado para a segunda ronda, de repescagem, do Meo Rip Curl Pro Portugal, que se iniciou na Praia de Supertubos, em Peniche, após um dia de espera.

Num dia de baixos "scores", o atleta da Praia da Poça, "wilcard" do evento pela segunda vez por ter sido campeão nacional, foi segundo da respetiva bateria (3,64), ganha pelo número dois mundial, o sul-africano Jordy Smith (9,20). O brasileiro Ítalo Ferreira (23.º) ficou em último (2,04), indo também à repescagem.

De referir que é a Ribeiro que pertence o melhor resultado de um atleta nacional no evento de Peniche, tendo sido terceiro em 2015, quando foi convidado pela primeira vez.

© Jorge Amaral/Global Imagens

Ainda hoje entra em ação Frederico Morais, naquela que será a estreia do português na etapa lusa enquanto residente do World Tour. Kikas, que é 13.º do ranking mundial e chega a Peniche na frente pela distinção de Rookie do Ano, tem como adversários Mick Fanning e Ian Gouveia na ronda inaugural.

O período de espera do Meo Rip Curl Pro Portugal, 11.ª etapa do circuito prolonga-se até dia 31 de outubro, mas grande parte da ação promete desenrolar-se este fim de semana, pois há previsões são bastante positivas.

Havendo oito surfistas ainda com hipóteses matemáticas de serem campeões, o título pode ficar entregue em Portugal, mas apenas no caso do havaiano John John Florence, como aconteceu em 2016.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon