Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vasco Seabra avisa: "Arouca tem uma nova dinâmica"

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/04/2017 João Cardoso

O treinador do Paços de Ferreira, Vasco Seabra, não espera facilidades no encontro com o Arouca, na 28.ª jornada da I Liga

Em conferência de antevisão ao encontro, o técnico pacense rejeitou qualquer pressão pontual na equipa, repetindo que "o Paços tem dado sinais claros de crescimento", e antecipou dificuldades na receção ao Arouca.

"É um adversário que nos causou problemas na primeira volta [derrota pacense por 1-0] e teve uma fase menos positiva, mas apresenta uma nova dinâmica em função da mudança de treinador. É uma equipa com excelentes executantes, apresenta individualidades em todas as posições", disse Vasco Seabra.

O técnico do Paços reconheceu algum desconhecimento relativamente às ideias do debutante Jorge Leitão, terceiro treinador do Arouca nesta época e em cujo banco de suplentes se estreou na derrota caseira com o Sporting, por 2-1, na última jornada, mas disse acreditar num adversário com ambição.

"Não conhecemos a fundo, em pormenor, as ideias do novo treinador do Arouca [Jorge Leitão sucedeu a Manuel Machado, que tinha, por sua vez, rendido Lito Vidigal], mas sentimos que vão querer discutir o jogo e fazer feridas na nossa baliza", sublinhou.

Vasco Seabra reservou para o Paços "o conforto" do "apoio e a alegria muito grande que vem das bancadas" da parte dos associados, assegurando que a equipa não está obcecada com a barreira dos 30 pontos, nem mais motivada pelo aniversário do clube, que esta semana celebra 66 anos.

© Fornecido por O jogo

"Em cada treino e jogo empenhamo-nos ao máximo para dar prendas todas as semanas ao clube e aos adeptos. A nossa motivação é diária não muda e a nossa obsessão é superar-nos", referiu.

O técnico falou ainda de "sinais claros de mais qualidade da equipa em todos os momentos do jogo", dando como exemplo o jogo de Chaves, em sua opinião, "se calhar, o melhor jogo realizado pelo Paços esta época", apesar da derrota por 1-0.

Paços de Ferreira e Arouca, igualados no 13.º lugar, com 27 pontos, defrontam-se no estádio Capital do Móvel, no sábado, a partir das 16:00, num jogo que terá arbitragem de Nuno Almeida, da associação do Algarve.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon