Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vasco Seabra: "Não podemos permitir situações em que tenhamos de correr atrás"

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/08/2017 Hugo M. Monteiro

O treinador do Paços de Ferreira, Vasco Seabra, anteviu o jogo com o Feirense, a contar para a terceira jornada da I Liga

O treinador Vasco Seabra disse que o Paços de Ferreira fica mais perto de ter sucesso na I Liga de futebol quanto mais focado estiver, evitando situações que obriguem a equipa a recuperar de desvantagens.

© Fornecido por O jogo

O treinador do Paços de Ferreira, que falava na conferência de antevisão ao jogo que encerra a terceira jornada da I Liga, diante do Feirense, na segunda-feira, começou por dizer que esperava ter mais do que apenas um ponto, traçando, em seguida, o caminho que a equipa deve percorrer.

"Não podemos permitir situações em que tenhamos de correr atrás. No primeiro jogo, com o Arouca [para a Taça da Liga], sofremos um golo numa infelicidade coletiva, mas conseguimos recuperar. Na Madeira, com o Marítimo [derrota por 1-0], fizemos um belíssimo jogo, mas não fomos tão fortes no último terço, e, com o Aves [1-1], até entrámos bem, mas permitimos duas situações e, mais uma vez, tivemos de correr atrás", disse Vasco Seabra.

Segundo o técnico, o Paços de Ferreira tem produzido "o suficiente" para mais pontos, mostrando que "sabe o que faz", com "paixão".

Sobre o adversário, que o Paços defrontou na pré-temporada, "numa altura precoce" e de "muitas experiências", por isso "sem influência" no contexto agora de campeonato, Vasco Seabra deu conta de "um jogo extraordinariamente difícil".

"Vamos defrontar um adversário muito agressivo, que em casa entrega-se muito e não dá nenhum lance por perdido. Vai ser um jogo extraordinariamente difícil, mas vamos certamente querer ser melhores", sublinhou.

Vasco Seabra admitiu a possibilidade de alterações na equipa, reconhecendo que, em qualquer cenário, "os que entrarem vão ser sempre capazes de introduzir algo no jogo", mas deu a entender que Welthon, após longa paragem por lesão, e o reforço Mabil, a ganhar tempo na equipa, mas ainda em fase de adaptação, poderão não ser ainda opções para a equipa inicial.

Paços de Ferreira, com um ponto, e Feirense, com dois, defrontam-se no Estádio Marcolino de Castro, em Santa Maria da Feira, na segunda-feira, às 20h00, num jogo que terá arbitragem de Carlos Xistra, da Associação de Castelo Branco.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon