Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Venezuela: Detido militar por homicídio de jovem manifestante

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/09/2017 Administrator

O efetivo das Forças Armadas da Venezuela que disparou, há meses, contra um manifestante durante um protesto em frente a uma base militar em Caracas foi detido no sábado, informou o procurador-geral da Venezuela, Tarek Saab.

"O presumível homicida de David Vallenilla já se encontra detido", informou Tarek Saab através da rede social Twitter.

O ministro do Interior tinha dito, em junho, que o sargento alegadamente responsável pela morte do jovem David Vallenilla, de 22 anos, tinha sido identificado.

David Vallenilla foi uma das mais de 100 pessoas que morreram nos protestos antigovernamentais registados ao longo de quatro meses.

O jovem foi baleado várias vezes à queima-roupa durante confrontos entre manifestantes e militares.

Uma comissão de verdade criada pela Assembleia Nacional Constituinte anunciou recentemente que iria dar prioridade a casos de funcionários com "responsabilidade individual" na morte de manifestantes.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon