Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Venezuela: Ministério Público investiga "traidores da pátria" que apoiaram sanções financeiras dos EUA contra Caracas

Logótipo de O Jogo O Jogo 31/08/2017 Administrator

O Ministério Público (MP) venezuelano anunciou hoje que foram designados dois procuradores para investigar elementos da oposição que apoiaram as recentes sanções financeiras dos EUA contra a Venezuela, que definiu como "traidores da pátria".

O anúncio foi feito pelo procurador-geral da Venezuela, Tareck William Saab, numa conferência de imprensa em Caracas, dois dias depois de a Assembleia Constituinte apelar às autoridades para investigar e determinar as responsabilidades dos "traidores da pátria" nas recentes sanções financeiras.

"Designámos dois procuradores do MP para investigar estes factos", disse Tareck William Saab, que chamou a atenção para o conteúdo do Código Penal venezuelano em matéria de delitos de "traição à pátria" e acusou a oposição de apoiar uma eventual ação militar norte-americana no país.

Na passada segunda-feira o Governo venezuelano acusou a oposição de apoiar uma "guerra" contra o país ao respaldar as sanções financeiras impostas a 18 de agosto último pelos EUA.

"A chamada Mesa de Unidade Democrática (MUD, coligação de forças da oposição) emitiu um comunicado que não tem precedentes (...) parece impossível de acreditar que um setor que faz vida política na República, se mostre abertamente servil aos interesses estrangeiros e peça uma intervenção militar para o nosso país", segundo um comunicado divulgado em Caracas.

Segundo o Governo venezuelano, a oposição continua com um discurso carregado de "ódio e violência".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon