Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Venezuela: Panamá passou a exigir visto de entrada para cidadãos venezuelanos

Logótipo de O Jogo O Jogo 02/10/2017 Administrator

O Panamá passou a exigir o visto de entrada para cidadãos venezuelanos que pretendam entrar em território panamiano.

A medida, entrou em vigor no domingo, 01 de outubro, e tinha sido anunciado em agosto último pelo Presidente do Panamá, Juan Carlos Varela.

A exigência de visto, é vista com alguma apreensão pelo comunidade portuguesa na Venezuela que tem negócios no Panamá, alguns deles dirigidos por luso-descendentes, e desconhecem com exatidão o que terão que fazer no futuro.

"Eu vou com frequência ao Panamá, como cidadãos português, mas um dos meus filhos não tem dupla nacionalidade, é apenas venezuelano e estamos a analisar qual o melhor procedimento para poder viajar sem complicações", disse um português à agência Lusa.

Diamantino Rodrigues, de 65 anos, comerciante, explicou que "a ideia é não ter problemas com as autoridades panamianas" e que "quer continuar" com a sua atividade em Cidade do Panamá.

"Com a crise venezuelana e a impossibilidade de ver uma mudança para melhor na Venezuela, o Panamá virou uma opção comercial para nós, mas também para muitas outras famílias portuguesas que assim podem também estar mais perto dos negócios que têm em Caracas", disse.

Entretanto, o Serviço Nacional de Migração e a embaixada do Panamá em Caracas estão a disponibilizar um formulário para solicitar o visto para aquele país.

Trata-se de um requisito pelo qual devem pagar o equivalente a 60 dólares norte-americanos (cerca de cinco meses de salário mínimo venezuelano), comprovar solvência económica, ter 500 dólares em bilhetes, apresentar uma cópia do passaporte e bilhete de ida e regresso.

O visto, que é carimbado no passaporte e tem validade de três anos, permite aos venezuelanos entrarem e saírem várias vezes do Panamá. Cada visita, como turista, será de até 30 dias, com possibilidade de uma prorrogação por outros 30 dias.

A imprensa panamiana explica que o Panamá emitirá até dois mil vistos por mês para venezuelanos, todos eles depois de serem analisados por um Conselho de Segurança.

Por outro lado, os venezuelanos que tenham um visto para os EUA, Canadá, Japão e Austrália, ficam dispensados de fazer este procedimento.

Até 30 de junho último, 25 mil venezuelanos passaram oficialmente de turistas para transeuntes.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon