Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Venezuela: Pelo menos um morto e um ferido grave em assalto a base militar venezuelana

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/08/2017 Administrator

Pelo menos um homem morreu e outro ficou ferido com gravidade durante o assalto desta manhã à 41.ª brigada de blindados do Forte de Paramacay, no centro-norte da Venezuela, segundo fontes militares.

A confirmação foi dada aos jornalistas pelo comandante-geral do Exército, major-general Jesus Suárez Chourio, no entanto, fontes não oficiais dão conta de que outras duas pessoas terão falecido.

"Um ataque terrorista, paramilitar, mercenário, pago pela direita e os seus colaboradores, pago pelo império norte-americano, estão aí detidos e um deles foi 'dado de baixa' [morreu] e outro ficou gravemente ferido", disse Jesus Suárez Chourio.

Após o ataque, dezenas de pessoas saíram às ruas de La Granja (Valência, nas proximidades da base militar), para apoiar os rebeldes, apesar da presença de oficiais da Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) que tentaram reprimir os manifestantes com bombas de gás lacrimogéneo e detiveram, pelo menos, dois manifestantes.

A população tem tentado tomar várias ruas, entre elas a Avenida Universidade, havendo registos de que viaturas militares circulam constantemente pelas ruas da cidade de Valência, para dispersar os manifestantes que tentam permanecer onde se encontram.

Fontes da comunidade local dão conta de que a Guarda Nacional Bolivariana atacou vários edifícios de apartamentos e residências, na vizinha Naguanágua e nas proximidades da Universidade Nacional Experimental das Forças Armadas.

Entretanto, a população começou a colocar barreiras em várias ruas de Valência.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon