Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Venezuela: Tribunal concede prisão domiciliária a opositor por motivos de saúde

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/07/2017 Administrator

O Supremo Tribunal de Justiça (STJ) da Venezuela ordenou hoje que o líder opositor Leopoldo López, do partido Vontade Popular, passe a prisão domiciliária por motivos de saúde.

Num comunicado o STJ explica que a decisão foi tomada pelo presidente do STJ, Maikel Moreno, que considerou "ajustado ao direito outorgar una medida humanitária"·

López foi condenado a quase 14 anos de prisão, acusado de incitar a violência que se gerou após uma marcha antigovernamental em fevereiro de 2014, um ato que deu início a uma onda de protestos que causou 43 mortos e centenas de feridos.

Depois da sentença, Franklin Nieves, um dos promotores do Ministério Público que acusaram Leopoldo López, fugiu da Venezuela, afirmando ter sido alvo de pressões para fazer acusações falsas que o forçaram a sair do país.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon