Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vice-Presidente da África do Sul diz que não há dúvidas sobre corrupção no país

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/07/2017 Administrator

O vice-Presidente da África do Sul confirmou hoje a existência de corrupção no Governo, naquilo que foi entendido como uma crítica ao Presidente, Jacob Zuma, que tem sido criticado pelos sucessivos escândalos no executivo.

"Sabemos agora, sem qualquer sombra de dúvida, que milhares de milhões de rands de recursos públicos foram desviados para os bolsos de alguns", disse Cyril Ramaphosa, segundo os relatos da News24, numa reunião do Partido Comunista, que deixou de apoiar Zuma e o proibiu de entrar no recinto.

A corrupção tem prejudicado a economia da África do Sul, que recentemente entrou em recessão pela primeira vez em oito anos, disse Ramaphosa, um provável candidato a substituir Zuma.

Apesar de as eleições estarem marcadas para 2019, tem havido vozes dentro do partido que suporta a coligação a pedir a sua saída a tempo de o Congresso Nacional Africano preparar a ida às urnas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon