Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Videoárbitro vai acabar com os erros grosseiros que toda a gente vê"

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/05/2017 Hugo M. Monteiro

Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol organizou uma sessão de formação sobre o videoárbitro esta segunda-feira.

© Reprodução/FPF

O Conselho de Arbitragem (CA) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) organizou esta segunda-feira uma sessão de formação sobre a utilização do videoárbitro, na qual estiveram presentes diversos órgãos de comunicação social.

Pela voz do antigo árbitro João Ferreira, foram prestados vários esclarecimentos sobre o sistema que será introduzido na I Liga já na próxima época. Depois de relembrar que o videoárbitro terá como objeto de análise quatro momentos de jogo (validação de golos, marcação de grandes penalidades, cartões vermelhos e identificação de jogadores), João Ferreira ressalvou que "os erros não vão desaparecer", mas que, por outro lado, "os mais grosseiros vão acabar".

"O videoárbitro terá a mínima intervenção possível no jogo e com o máximo de benefício possível. Se vão acabar os juízos de interpretação? Não. Vão acabar os erros grosseiros, que toda a gente vê. Não vamos pensar que se pode acabar com o erro, de todo", afirmou o ex-árbitro, na Cidade do Futebol.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon