Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vieira: "Reconheço que o Benfica já foi favorecido"

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/03/2017 Alcides Freire

Presidente do clube encarnado falou sobre a reunião do clube encarnado com o Conselho de Arbitragem em entrevista à CMTV.

Reunião com o Conselho de Arbitragem (CA): "Não vamos às escondidas ao CA. Viemos a saber que muita gente já lá tinha ido. O que está a acontecer tem a ver com a intimidação à arbitragem. Chegámos lá, falámos com eles e percebemos o que se estava a passar. As pessoas não podem ficar melindradas e depois não denunciarem nada".

Castigo: "Quem é que foi castigado ao longo desta época? Fiz um desabafo num camarote. Não o fiz publicamente com ninguém. Fui castigado. Nem fui indelicado. Disse 'qual é o sentido desta nomeação?'"

Diferença nos castigos aplicados: "Se esta impunidade continuar e a justiça não for célere... O CA tem de denunciar o que tem de denunciar. Há uma impunidade muito grande em relação a determinados dirigentes. Mas também não digo que sou um santo".

© Leonardo Negrão/Global Imagens

Benfica benficiado? "Reconheço que já fui favorecido. Mas acha que o FC Porto e o Sporting já não foram favorecidos e prejudicados?"

Relação com Jorge Jesus: "Não tenho nenhum problema com ele, se o vir amanhã cumprimento-o. O problema é dele. Seguiu a vida dele e defendeu os interesses dele. Ninguém pode apontar o dedo ao Jorge Jesus. Não há problema nenhum com o Jorge Jesus, está na história do Benfica. Hoje, temos um grande treinador [Rui Vitória]".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon