Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Vieira sabe muito bem que a morte de um adepto em abril foi culpa da claque"

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/08/2017 Hugo Monteiro

FC Porto reagiu à decisão do Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ, que aprovou ontem o regulamento de segurança do Estádio da Luz, entregue durante a manhã

O FC Porto emitiu um comunicado esta terça-feira onde comenta a decisão do IPDJ em aprovar o novo regulamento de segurança do Estádio da Luz, horas depois de ter sido entregue pelos responsáveis encarnados.

Os azuis e brancos lamentam que as regras do futebol tenham "exceções para o Benfica", que vive assim no que dizem ser "um regime alternativo".

Para além da decisão da IPDJ, o FC Porto comenta ainda as declarações de Luís Filipe Vieira sobre as claques do Benfica, depois de ontem o presidente dos encarnados ter sublinhado que nunca ouviu falar de claques no clube da Luz. Os dragões lembram, entre outros casos, o do adepto que foi morto em abril por "responsabilidade dos No Name Boys".

Leia o comunicado na íntegra:

"No futebol português há umas regras para todos os clubes e uma bolha de exceção para o Benfica, que permite ao clube da Luz viver em permanente regime alternativo, submetendo-se às regras e aos regulamentos da forma que lhe apetece e mais convém. Isto acontece devido à cumplicidade de várias entidades, desportivas e não desportivas, mas agora atingimos um nível de sublimação com o presidente do clube a afirmar sem se rir que desconhece a existência de claques no clube.

citacao"No futebol português há umas regras para todos os clubes e uma bolha de exceção para o Benfica, que permite ao clube da Luz viver em permanente regime alternativo"

© Pedro Rocha/Global Imagens

Mais do que uma forma ardilosa de procurar eximir-se às responsabilidades de apoiar duas claques ilegais, como são os No Name e os Diabos Vermelhos, Luís Filipe Vieira goza com todos os adeptos de futebol, com as autoridades desportivas e com a polícia, que ainda na última época levantou dezenas de autos devido a incidentes protagonizados pelas duas claques. Aliás, esta situação é conhecida ao mais alto nível, designadamente pelo primeiro-ministro e outros membros do governo, que nos últimos anos assistem a jogos no Estádio da Luz.

E não, não se trata de uma questão semântica, entre grupo organizado de adeptos ou de sócios, as claques do Benfica existem, Luís Filipe Vieira sabe disso perfeitamente, sabe-o tão bem que o Benfica até paga o aluguer de carrinhas para transportar esses adeptos, sabe-o tão bem que o treinador da equipa principal dá os parabéns em conferência de imprensa quando as claques fazem anos. Sabe-o tão bem que cede instalações no estádio às claques, sabe-o tão bem que as claques beneficiam de bilhetes a preços reduzidos...Pior, muito pior, sabe-o muito bem, pois certamente não se esqueceu de que em abril deste ano a claque No Name foi mais uma vez responsável por uma morte de um adepto. Infelizmente, nem este género de tragédias faz esta gente ter um pouco mais de decoro e responsabilidade. E que só acontecem devido à cumplicidade dos sucessivos governos, incapazes de fazer cumprir as leis."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon