Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vinokourov nega ter comprado uma prova por 150 mil euros

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/05/2017 Hugo Monteiro

Ex-ciclista cazaque Alexandre Vinokourov, suspeito de ter comprado a sua vitória na Liège-Bastogne-Liège de 2010, pediu aos tribunais belgas que retirem as queixas.

O ex-ciclista cazaque Alexandre Vinokourov, suspeito de ter comprado a sua vitória na Liège-Bastogne-Liège de 2010, pediu aos tribunais belgas que retirem as queixas, arquivando assim o processo.

Vinokourov, 43 anos, e que foi campeão olímpico de estrada em Londres2012, contesta os factos que lhe são imputados: ele e o russo Alexandr Kolobnev são suspeitos de estarem combinados nas ultimas centenas de metros da etapa rainha da clássica, a 25 de abril de 2010.

© Robert Pratta/Reuters

De acordo com os investigadores belgas, Alexandre Vinokourov terá comprado o seu sucesso a Kolobnev, mediante a contrapartida de 150.000 euros.

O inquérito denuncia atos de corrupção e é baseado em trocas de emails entre os dois ciclistas, bem como em pagamentos de 100.000 e 50.000 euros realizados posteriormente, em julho e dezembro de 2010.

O ministério publico pediu a punição de ambos os ciclistas junto do tribunal correcional de Liège, que divulgará a sua decisão na sexta-feira.

"O dossier não tem muitos elementos. Os indícios são muito poucos. Se o caso for encaminhado para o tribunal criminal, será com serenidade que nos apresentaremos", disse o advogado que representa Vinokourov.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon