Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vitória deu uma lição de eficácia em Chaves

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/04/2017 Hugo Monteiro
© Fábio Poço/Global Imagens

Vitória foi terrivelmente eficaz no jogo com o Chaves, não precisando de criar muitos lances ofensivos para marcar três golos.

O Vitória foi terrivelmente eficaz no jogo com o Chaves, anteontem, não precisando de criar muitos lances ofensivos para marcar três golos. Com cinco disparos, a equipa de Pedro Martins foi a segunda com menos remates contabilizados nesta jornada, que termina esta noite, com o jogo entre o Nacional e o Moreirense.

Com um registo inferior ao do Vitória, só o Marítimo, que com o Benfica, na Luz, realizou apenas quatro remates. O Arouca (frente ao Feirense) e o Braga (confronto com o FC Porto) também fizeram o mesmo número de remates do Vitória, mas com menos eficácia; os arouquenses apontaram dois golos e os bracarenses finalizaram uma vez. Já agora, como comparação, o Chaves teve 28 remates, conseguindo dois golos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon