Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vladimir Putin critica seleção russa na Taça das Confederações e deixa alguns avisos

Logótipo de LusaLusa 15/06/2017 João Cartaxana

Moscovo, 15 jun (Lusa) – O presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu hoje a seleção russa de futebol, que os adeptos esperam melhores resultados a Taça Confederações, a disputar entre sábado e 02 de julho, em solo russo.

YURI KOCHETKOV/EPA © EPA / YURI KOCHETKOV YURI KOCHETKOV/EPA

“Os adeptos que amam a Rússia esperam melhores resultados da sua seleção”, avisou Putin, numa alusão ao facto de a Rússia ter vencido apenas três dos últimos 15 jogos, a dois dias da abertura da Taça das Confederações, frente à Nova Zelândia.

O presidente russo foi mais longe no aviso: “Esperamos todos que os jogadores assumam um compromisso total com a seleção e o país, que joguem como verdadeiros guerreiros e verdadeiros atletas, pelo menos para agradar aos adeptos em espírito de sacrifício e vontade de vencer”.

Putin confessou ter solicitado a especialistas de classe mundial, sem citar os seus nomes, uma opinião sobre a capacidade da seleção para apresentar um futebol de alto nível, e revelou que recebeu respostas pessimistas, devido à falta de qualidade dos treinadores da área da formação e ao facto de haver muitos jogadores estrangeiros a atuar na Liga russa.

No entanto, ressalvou que nos jogos mais recentes a seleção russa demonstrou “ter potencial para evoluir e ser uma equipa muito competitiva”.

A Rússia venceu a Hungria por 3-0 e empatou com o Chile a um golo nos dois mais recentes jogos particulares, disputados durante a semana passada.

JEC // JP

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon