Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Volkswagen alertou trabalhadores para a importância dos novos horários na Autoeuropa

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/07/2017 Administrator

O grupo Volkswagen alertou os trabalhadores da Autoeuropa para a importância do modelo de 18 turnos na empresa, que é hoje referendado, tendo em vista a produção de 200 mil unidades do novo modelo T-Roc na fábrica de Palmela.

"A decisão de escolher esta fábrica para a produção a nível mundial do T-Roc demonstra o grande voto de confiança em vocês e na vossa fábrica", refere a carta de Jürgen Haase, responsável pelos Recursos Humanos e Produção da Marca Volkswagen, dirigida aos trabalhadores da Autoeuropa.

"A Volkswagen investiu aqui muito dinheiro. A fábrica [de Palmela] foi transformada para que possam cumprir o programa de produção exigido. Isso só será possível com um modelo de turnos contínuos. Para tal a produção aos sábados é inevitável", acrescenta na carta, manifestando a esperança de que os trabalhadores estejam "conscientes desta responsabilidade".

A carta proveniente da casa-mãe da Volkswagen, na Alemanha, surge um dia depois de ter sido anunciado o pré-acordo entre a Comissão de Trabalhadores e a administração da Autoeuropa sobre os novos horários por turnos.

Segundo revelou à agência Lusa fonte da empresa, o pré-acordo terá sido aprovado por maioria na Comissão de Trabalhadores, mas com votos contra dos sindicatos afetos à CGTP, designadamente dos representantes do SITESUL, Sindicato dos Trabalhadores das Indústrias Transformadoras, Energia e Atividades do Ambiente do Sul, e da Fequimetal, Federação Intersindical das Indústrias Metalúrgicas, Químicas, Elétricas, Farmacêutica, Celulose, Papel, Gráfica, Imprensa, Energia e Minas.

De acordo com a mesma fonte, na última quinta-feira, os sindicatos distribuíram um comunicado aos trabalhadores da Autoeuropa onde justificavam o voto contra o pré-acordo, por considerarem que o mesmo não respeitava a vontade manifestada previamente pelos trabalhadores.

Certo é que os trabalhadores da Autoeuropa têm hoje a oportunidade de se pronunciar sobre o pré-acordo alcançado entre a Comissão de Trabalhadores e a administração da Autoeuropa, na votação que decorre até final do dia.

Os resultados da votação só deverão ser conhecidos cerca das 22 horas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon