Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Volta ao Alentejo: Rinaldo Nocentini defende a amarela na segunda etapa

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/02/2017 Mónica Santos

Na defesa da amarela, Nocentini e os seus companheiros vão enfrentar 171,3 quilómetros quase totalmente planos até Portel, com a contagem de quarta categoria de Monsaraz (117,7) a ser a única montanha do dia.

© Fornecido por O jogo

O ciclista italiano Rinaldo Nocentini (Sporting-Tavira) parte, esta quinta-feira, de amarelo para a segunda etapa da 35ª Volta ao Alentejo, uma ligação de 171,3 quilómetros entre Monforte e Portel.

Depois de vencer a primeira etapa, em Castelo de Vide, o leão vai sair de Monforte, onde a partida simbólica será dada às 11:50, com quatro de segundos de vantagem sobre Eduard Prades (Caja Rural) e seis sobre o também espanhol Carlos Barbero (Movistar), o vencedor da edição de 2014 da 'Alentejana'.

Na defesa da amarela, Nocentini e os seus companheiros vão enfrentar 171,3 quilómetros quase totalmente planos até Portel, com a contagem de quarta categoria de Monsaraz (117,7) a ser a única montanha do dia.

No entanto, a liderança do italiano estará à prova também nas três metas volantes da jornada, que distribuem, respetivamente, três, dois e um segundos pelos primeiros três classificados: Borba (km 39,9), Redondo (72,2) e Reguengos de Monsaraz (100,9).

Cumpridos os 171,3 quilómetros, o pelotão, composto por 148 ciclistas, de 26 nacionalidades, tem chegada marcada a Portel para as 16:04.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon