Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Volume de negócios nos serviços cresce 6% em julho face ao ano anterior

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/09/2017 Administrator

O índice de volume de negócios nos serviços acelerou em julho para uma variação homóloga de 6,0%, enquanto os índices de emprego, remunerações e horas trabalhadas progrediram 3,4%, 4,6% e 3,3%, respetivamente, divulgou hoje o INE.

No mês anterior, o índice de volume de negócios nos serviços tinha registado uma variação homóloga de 5,4% e os índices de emprego, de remunerações e de horas trabalhadas ajustado de efeitos de calendário evoluíram 3,6%, 5,6% e 3,9% em junho, pela mesma ordem.

Segundo o Instituto Nacional de Estatística (INE), a secção de comércio por grosso, reparação de veículos automóveis e motociclos registou o contributo mais elevado para o índice agregado (2,2 pontos percentuais (p.p.)), determinado por uma variação homóloga de 3,8% (3,5% em junho).

"A aceleração do índice agregado foi particularmente influenciada pelo comportamento da secção de atividades de consultoria, científicas, técnicas e similares, que passou de uma variação homóloga de 2,3% em junho para 20,6% no mês seguinte", refere.

"Em sentido contrário -- acrescenta o INE - o índice da secção alojamento, restauração e similares desacelerou, passando de uma variação homóloga de 13,9% em junho para 8,9% em julho".

Comparativamente com o mês anterior, o índice de volume de negócios nos serviços diminuiu 2,2% em julho, enquanto o índice de emprego evoluiu 0,5% e os índices de remunerações e de volume de trabalho variaram -2,0% e 0,2%.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon