Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Vuelta: Contador quer sair em grande, mas Frome quer acabar com jejum

Logótipo de O Jogo O Jogo 17/08/2017 Ana Proença

A prova termina a 10 de setembro, num domingo em que a vitória já estará decidida, depois da subida ao Angliru, num último dia para os velocistas tentarem cortar primeiro a meta em Madrid.

A 72.ª edição da Volta a Espanha em bicicleta, que arranca no sábado e decorre até 10 de setembro, fica marcada pela despedida de Alberto Contador (Trek-Segafredo) e o ajuste de contas de Chris Froome (Sky).

É na cidade francesa de Nimes, com um contrarrelógio por equipas de 13,7 quilómetros, que a Vuelta dá o tiro de partida para uma edição em que o espanhol, que anunciou a retirada aos 34 anos, quererá despedir-se em grande a correr em casa, enquanto o britânico, vencedor do Tour por quatro vezes aos 32 anos, a última este ano, procura pôr fim às "contas por saldar" com a prova, como o próprio admitiu, depois de três segundos lugares (2011, 2014 e 2016).

Além da despedida ideal, o Pistoleiro tem ainda outro recorde em mira: em caso de vitória final, o vencedor de 2008, 2012 e 2014 juntar-se-ia a Roberto Heras, o único ciclista a vencer a prova por quatro ocasiões (2000, 2003, 2004 e 2005) no topo da história da prova, juntando novo êxito às duas vitórias no Tour (2007 e 2009) e outras tantas no Giro (2008 e 2015).

© REUTERS/Christian Hartmann

Já Froome procura vencer, na mesma temporada, em França e Espanha, feito apenas alcançado por Bernard Hinault, em 1978, e Jacques Anquetil, em 1963.

Sem o vencedor de 2016, Nairo Quintana (Movistar), que procurou vencer 'Giro' e 'Tour' no mesmo ano, falhando em ambos (foi segundo em Itália e 12.º em França), a prova conta com dois antigos vencedores: os italianos Fabio Aru (Astana), em 2015, e Vincenzo Nibali (Bahrain Merida), em 2010, corredores a ter em conta para a vitória final.

O trepador colombiano é o único atleta do top 10 de 2016 que está ausente, o que mostra o interesse numa prova que Froome descreveu como "implacável", por ser "muito mais montanhosa e dura" do que a Volta a França, enquanto Nibali apontou para a "forte concorrência".

Além dos nomes principais, espaço ainda para Romain Bardet (AG2R), terceiro no Tour, Warren Barguil (Sunweb), rei da montanha da prova francesa, ou ainda para o trio da Orica-Scott constituído pelos irmãos Yates, Simon e Adam, e o colombiano Esteban Chaves.

Por outro lado, a BMC, uma das favoritas no contrarrelógio coletivo inaugural, tem em Rohan Dennis e Tejay van Garderen opções válidas, enquanto a UAE Team Emirates confirmou que vai apostar em Louis Meintjes e no português Rui Costa, que se estreia na competição espanhola.

Rafa Majka (Bora-Hansgrohe) já sabe o que é subir ao pódio, depois de ser terceiro na edição de 2015, enquanto Ilnur Zakarin (Katusha-Alpecin) e o jovem Marc Soler, que deve liderar uma Movistar órfã de Quintana e Alejandro Valverde, quererá mostrar-se como esperança do ciclismo espanhol, enquanto o português Nelson Oliveira, vencedor de uma etapa em 2015, ano em que foi 21.º. também poderá explorar essa liberdade.

De fora do pelotão World Tour, mas com interesse em mostrar-se no traçado espanhol, estão equipas como a Aqua Blue, a primeira equipa irlandesa a participar numa grande volta, mas também a Caja Rural-Seguros RGA, do português Rafael Reis, que procurará dar nas vistas nas classificações secundárias e nas fugas, e a Manzana Postobón, de Ricardo Vilela.

Numa distância total de 3.324,1 quilómetros, com seis etapas de montanha, oito outras de perfil acidentado, um crono coletivo e outro individual, cinco tiradas planas, a Vuelta afigura-se como o teste mais exigente da temporada, culminando, na penúltima etapa, na já famosa subida do Angliru.

A montanha, que terá 49 subidas classificadas no total, surge logo na terceira etapa, numa passagem por Andorra, e torna-se especialmente dura no final da segunda semana, quando os ciclistas atravessarem a Serra Nevada antes do segundo dia de descanso.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon