Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Wall Street fecha em alta com novo recorde do Dow Jones

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/10/2017 Administrator

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje com o índice Dow Jones Industrial Average de regresso aos máximos no fecho da sessão, graças desta vez aos desempenhos de empresas símbolo da economia norte-americana como Caterpillar, 3M e McDonald's.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o Dow Jones avançou 0,72% (167,80 pontos), para as 23.441,76 unidades, e o Nasdaq 0,18% (11,60), para as 6.598,43.

O índice alargado S&P 500 ganhou 0,16% (4,15), para os 2.569,13 pontos.

Este novo avanço bolsista "é inteiramente devido aos resultados das empresas, em particular os da 3M e Caterpillar, que doparam o Dow", salientou Peter Cardillo, da First Standard Financial.

A cotação da ação do fabricante de máquinas de construção e obras públicas Caterpillar ganhou 4,98%, ao passo que a da 3M, que fabrica nomeadamente autocolantes e equipamentos de segurança e médicos, avançou 5,91%.

Outro membro do Dow Jones, a cadeia de restauração rápida McDonald's também satisfez os investidores com os seus números trimestrais, e valorizou 0,33%.

Os desempenhos destas empresas "refletem a robustez da procura dos consumidores e a sua confiança", sublinhou Cardillo.

Os seus resultados, "muito sólidos", "motivam um interesse acrescido pelas empresas sensíveis ao crescimento económico", apontou também Alan Skrainka, da Cornerstone Wealth Management.

Os índices também valorizaram, adiantou, graças "aos avanços que parecem ocorrer nas negociações sobre o projeto de reforma dos impostos".

O presidente norte-americano deve deslocar-se ao Senado para pressionara a sua maioria a aprovar rapidamente esta sua promessa de campanha, apesar de até agora o seu plano ser conhecido apenas nas suas grandes linhas: descida do imposto sobre os lucros de 35% para 20%, baixa do imposto sobre o rendimento, supressão da maior parte das deduções fiscais, extinção de um imposto sobre as sucessões pago pelas grandes fortunas.

O presidente da Câmara dos Representantes, Paul Ryan, repetiu que esperava fazer aprovar o projeto de reforma por esta câmara baixa do Congresso antes de 17 de novembro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon