Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Wall Street fecha em baixa com problemas do setor tecnológico e Coreia do Norte

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/09/2017 Administrator

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje em claro recuo devido ao acesso de fraqueza do setor tecnológico e ao aumento da tensão entre os EUA e a Coreia do Norte.

Os resultados definitivos da sessão indicam que o Dow Jones Industrial Average cedeu 0,24% (53,50 pontos), para as 22.296,09 unidades, e o Nasdaq 0,88% (56,33), para as 6.370,59.

O índice alargado S&P 500 contraiu 0,22% (5,56), para os 2.496,66 pontos.

"Os valores da tecnologia continuaram, como na semana passada, a recuar enquanto outros ativos subavaliados, como as pequenas capitalizações, progrediram bem", estimou Adam Sarhan, da 50 Parks Investment.

O índice que agrupa os valores tecnológicos dentro do S&P500 desvalorizou 1,42%, muito devido à Apple que baixou 0,88%.

"Talvez tenha estado ligado à deceção com as primeiras vendas do iPhone 8", comercializado de 6.ª feiram, "mesmo que o ponto seja sobretudo o iPhone 10", que vai estar disponível no início de novembro, destacou Art Hogan, de Wunderlich Securities.

A Facebook, que renunciou na sexta-feira, depois de protestos de vários acionistas, a crioar uma nova categoria de ações que teriam permitido ao seu patrão e fundador, Mark Zuckerberg, eternizar o seu controlo do grupo, recuou 4,50%.

O índice Russell 2000, que junta as empresas com pequena capitalização, por seu lado, atingiu um máximo durante a sessão.

Os valores da energia agrupados no S&P 500, sustentados num barril de petróleo no máximo de cinco meses em Nova Iorque, também progrediram bem, com um ganho de 1,47%.

Por outro lado, os investidores foram perturbados pelo aumentar da tensão entre Washington e Pyongyang, com o chefe da diplomacia norte-coreana, Ri Yong Ho, a acusar o presidente norte-americano, Donald Trump, de ter "declarado a guerra" ao seu país, uma afirmação que a

Casa Branca qualificou de "absurda".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon