Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Wall Street fecha sem direção mas com terceiro recorde consecutivo do Dow Jones

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/09/2017 Administrator

A bolsa nova-iorquina encerrou hoje sem direção, mas com o terceiro recorde consecutivo do índice Dow Jones Industrial Average, graças à valorização da Boeing, com os outros a cederem à especulação sobre a política monetária norte-americana.

Os resultados definitivos da sessão indicam que Dow Jones Industrial Average valorizou 0,20%, para uns inéditos 22.203,48 pontos.

Ao contrário, o Nasdaq cedeu 0,48%, para as 6.429,08 unidades, e o S&P 500 recuou 0,11%, para as 2.495,62.

A sessão foi marcada pelo anúncio de uma subida do índice de preços no consumidor em agosto, devido aos aumentos verificados pelos custos de energia e alugueres de casas. Neste mês, a subida de 0,4% foi a mais forte registada em sete meses.

Em termos anuais, o ritmo de crescimento da inflação subiu dos 1,7% de julho, para os 1,9% ocorridos em agosto.

Perante este indicador, "a questão é agora saber o que a Reserva Federal (Fed) vai fazer na próxima semana, durante a sua reunião de política monetária", destacou Quincy Krosby, da Prudential.

A Fed já subiu as suas taxas de juro de referência por duas vezes este ano e os seus dirigentes deixaram entender em junho que uma nova subida estava prevista até ao final deste ano.

Mas a persistência de uma inflação fraca está a dividir os membros do comité de política monetária (FOMC, na sigla em Inglês) quanto ao calendário a seguir.

"Janet Yellen [a presidente do Fed] vai dar sinais quanto a uma nova subida das taxas de juro? Duvido, tanto mais que a Fed vai sem dúvida querer esperar se vai haver ou não uma reforma fiscal", observou esta analista.

"Mas a probabilidade de uma subida das taxas ganhou claramente terreno entre os investidores", acrescentou.

Esta perspetiva arrefece os investidores em Wall Street, que têm beneficiado nos últimos anos das baixas taxas de juro.

Para Peter Cardillo, da First Standard Financial, o S&P 500 e o Nasdaq, que tinham fechado com valores recorde na quarta-feira, estiveram hoje "simplesmente a sofrer com a realização de algumas mais-valias antes da expiração de vários contratos financeiros na sexta-feira", dia em que os investidores devem alienar posições em vários produtos derivados.

O Dow Jones, por seu lado, beneficiou da subida da ação Boeing, que valorizou 1,36% na sessão, que tem um peso particularmente elevado neste índice.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon