Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Walter: "Magro, tenho hipóteses de ir à seleção"

Logótipo de O Jogo O Jogo 22/03/2017 Hugo M. Monteiro

Avançado brasileiro, emprestado pelo FC Porto ao Atlético Clube Goianense, acredita que é apenas o peso que o impede de ser chamado à seleção brasileira

A carreira de Walter tem sido feita de mais baixos do que altos ultimamente, com o peso a ser um problema constante para o avançado brasileiro.

© Fornecido por O jogo

Depois de ter sido dispensado do Goiás após um desentendimento físico no treino, o avançado foi emprestado pelo FC Porto ao Atlético Clube Goianense, clube que vai disputar a Série A do Brasileirão esta época. Apesar dos percalços na carreira, Walter acredita que o peso é o único obstáculo que o separa de uma chamada à seleção brasileira.

"Eu magro, cem por cento bem, tenho hipóteses de ir à seleção brasileira. O que me atrapalha é o peso. Dizem que o Walter está bem, mas tem sempre peso a mais. Eu penso nisso, mas é muito difícil", apontou, em entrevista à "Sportv".

Apesar de reconhecer que a sua forma física não é a ideal, o avançado lembra que teve sucesso no campeonato brasileiro, mesmo com uns quilinhos a mais. "A minha vida foi sempre difícil e eu gosto de comer. (...) Gostava de comer lanches, bolachas recheadas e agora não como mais disso. Cortei os refrigerantes, mas quem sofre com o peso sabe que isto é muito difícil. Disseram que pesava 106 quilos, mas fui o melhor do Brasileirão com esse peso e ninguém disse nada", completou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon