Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Wawrinka alega cansaço e já não vem ao Portugal Open

Sportinveste 24/04/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Wawrinka alega cansaço e já não vem ao Portugal Open © Sportinveste Multimédia Wawrinka alega cansaço e já não vem ao Portugal Open

O suíço Stanislas Wawrinka, a maior figura da 25.ª edição do Portugal Open em ténis, desistiu de participar no torneio português deste ano, que começa segunda-feira, por cansaço físico, anunciou esta quinta-feira a organização.

Em comunicado, a João Lagos Sports revelou que o número três do "ranking" mundial e vencedor do Portugal Open de 2013 contatou o diretor do torneio depois da vitória no torneio de Monte Carlo, o primeiro do ano em terra batida na categoria Masters 1000.

"Não foi, de facto, um telefonema que gostasse de receber, mas acabou por não ser uma surpresa total. Enquanto assistia à final de Monte Carlo, na qual Sanislas Wawrinka voltou a provar que é atualmente o melhor jogador do mundo, o meu subconsciente e experiência alertavam-me para a possibilidade de algo semelhante acontecer. E de facto assim aconteceu", disse João Lagos, citado no comunicado.

Face aos argumentos apresentados pelo campeão do Open da Austrália, primeiro "Grand Slam" da temporada, João Lagos admitiu não ter argumentos que convencessem Wawrinka a "vir defender o título conquistado há um ano".

"Com as vitórias no Open da Austrália e, mais recentemente, em Monte Carlo, encontro-me a viver uma nova realidade, que tem exigido muita atenção e disponibilidade da minha parte. Depois de falar com a minha equipa, acabámos por decidir que o melhor para mim seria não jogar este ano. Mas isso não quer dizer que não volte a jogar nos 'courts' de Oeiras num futuro próximo", admitiu, por seu turno, o jogador helvético.

Wawrinka, que estará no Jamor a 1 de maio para uma "visita de cortesia" a João Lagos, frisou que o triunfo do ano passado "foi um momento muito importante" na sua carreira, não esquecendo os "bons momentos" que viveu em Portugal no torneio de 2013.

Fonte: O Jogo

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon