Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Wawrinka: "Infelizmente tive de desistir"

Sportinveste 01/05/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Wawrinka: "Infelizmente tive de desistir" © Sportinveste Multimédia Wawrinka: "Infelizmente tive de desistir"

O suíço Stanislas Wawrinka, principal figura anunciada para o 25.º Portugal Open e que desistiu nas vésperas do arranque da competição, marcou presença esta quinta-feira no Jamor para cumprimentar admiradores e o diretor João Lagos.

Passava pouco das 15h30 quando Wawrinka chegou ao Complexo do Jamor, mais precisamente à tenda "Sponsors Village", acompanhado de seguranças e dirigindo-se diretamente ao diretor do Portugal Open.

Cumprimentaram-se e conversaram durante alguns minutos, rodeados já de admiradores, que não esperavam encontrar o suíço.

Depois, aos jornalistas, Wawrinka mostrou-se satisfeito por poder estar hoje presente, apesar de não ser para competir.

"Era suposto ogar, mas infelizmente tive de desistir. Estou muito contente de ter vindo por um dia para ver as pessoas, porque já joguei duas vezes aqui e gosto muito do torneio. Ganhei o ano passado e estou realmente muito satisfeito por regressar, nem que seja por um dia", afirmou.

Número três do "ranking" mundial, Wawrinka disse ainda estar "muito longe" de Rafael Nadal e Novak Djokovic, atuais números um e dois, respetivamente.

"Estou a pensar torneio a torneio, estou a jogar muito bem desde o início do ano e já ganhei três títulos. Estou a aproveitar e a tentar melhorar a cada dia. O objetivo, sempre que entro no 'court', é melhorar, mas a época ainda agora começou, ainda há muitos torneios pela frente", concluiu.

Após breves declarações aos jornalistas, Wawrinka atendeu aos pedidos dos fãs que o aguardavam. Deu autógrafos, tirou fotografias e voltou a sair, novamente acompanhado por seguranças.

Wawrinka venceu a última edição do Portugal Open e era o grande favorito para esta edição, mas o cansaço físico fez com que desistisse da participação.

Fonte: O JOGO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon